AO VIVO: 
3710-4949     9978-7885

12/04/2011
Revólver calibre 38 é campeão de venda e apreensão

O assassinato de 12 crianças em uma escola do Rio do Janeiro na semana passada fez o Brasil retomar as discussões a respeito do desarmamento. O governo deve retomar antecipadamente a campanha do desarmamento e transformá-la em uma política permanente. De acordo com o proprietário de uma loja de armas, Marcelo Lenz, a compra da arma de fogo tem sido dificultada pelo estatuto do desarmamento.

Aqui no Vale do Taquari e em todo o país a arma de fogo mais procurada é o revólver calibre 38. Segundo Lenz, 65% da procura é por este tipo de arma. Ele explica que para adquirir uma arma é necessário ter aptidão para manuseá-la, passando por teste psicológico e por prova de tiro. É necessário ter mais de 25 anos e não ter passagem pela polícia. Marcelo Lenz, sem citar números, salienta que é grande a procura por munição, principalmente para defesa e para caça.

Já para revólveres e pistolas, o fluxo é pequeno, até em função da concorrência desleal com a Argentina, o Paraguai e o Uruguai. Para adquirir munição a pessoa precisa apresentar o registro válido da arma de fogo no ato da compra. O número de apreensões de armas em Lajeado pela polícia desde 2010 chega a 70. Foram 42 revólveres, 10 pistolas e 18 espingardas.

 

veja também

 

Escreva seu comentário
Aceito os termos e condiçães         Exibir meu email         Exibir meu nome
Enviar